Linha de apoio à Valorização Turística do Interior – Valorizar

Estão abertas as candidaturas à Linha de apoio à Valorização Turística do Interior – Valorizar, com uma dotação orçamental de 10 000 000 €.

Esta linha de apoio tem como principal objetivo o apoio ao investimento a iniciativas/projetos com interesse para o turismo, que promovam a coesão económica e social do território, em linha com o Programa Nacional para a Coesão Territorial (PNCT).

Operações financiadas

O incentivo financia as seguintes operações:

  • Valorização do património natural, através da oferta de atividades turísticas que concorram para a fruição sustentável desse património e para o posicionamento internacional de Portugal como destino competitivo para a prática dessas atividades;
  • Valorização do património cultural e que contribuam para o reforço da atratividade dos destinos, nomeadamente no âmbito do desenvolvimento de rotas e de redes de “saber fazer tradicional”;
  • Valorização dos recursos endógenos das regiões ou de desenvolvimento de novos serviços turísticos nomeadamente os que se desenvolvam no âmbito do enoturismo, turismo militar, turismo termal, turismo literário e do turismo equestre;
  • O desenvolvimento de redes de oferta de infraestruturas de apoio ao autocaravanismo.

Territórios abrangidos

Estão abrangidos todas as regiões NUTS III identificadas no Anexo III da Resolução do Conselho de Ministros n.º 72/2016, de 20 de outubro, consideradas territórios de baixa densidade.

Investimentos elegíveis

  • Obras de construção, adaptação, aquisição de bens e de equipamentos diretamente relacionados com o projeto;
  • Suportes informativos físicos e/ou digitais multi-idioma, incluindo desenvolvimento de conteúdos, website, sinalética e ferramentas de apoio à experiência turística de base tecnológica;
  • Ações de promoção nacional e internacional diretamente relacionados com o projeto;
  • Ferramentas de monitorização da procura, pós implementação do projeto;
  • Organização dos calendários de eventos.

Forma de apoio

Esta linha de apoio financia 70% do valor das despesas consideradas elegíveis, com os seguintes limites máximos:

  • 150 000 € para as empresas;
  • 250 000 € para o calendário anual, no caso das candidaturas para o apoio aos eventos;
  • 300 000 € para as demais entidades, incluindo as de natureza privada sem fim lucrativo.

Estes apoios financeiros são reembolsáveis no caso das empresas (reembolso em 7 anos e período de carência de 2 anos) e não reembolsáveis no caso das entidades públicas e das entidades privadas sem fins lucrativos.

50% do financiamento reembolsável pode ser convertido em não reembolsável, se, no 2.º ano completo após a conclusão do projeto se cumpram as seguintes metas:

  • Atingir pelo menos 90% do volume de negócios e do VAB previsto na candidatura;
  • Criar os postos de trabalho previstos na candidatura.

Prazo para apresentação de candidaturas

As candidaturas à Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior estão abertas até 30 de novembro de 2019.